sábado, 28 de janeiro de 2017

Faça você mesma: Porta-anéis

Fonte: https://www.brilio.net
Se as suas joias e bijuterias vivem bagunçadas e, na hora que você procura, não encontra nada, esse passo a passo de DIY de uma bandeja porta-anéis, como as das lojas de bijuterias e joalherias, que pode ser bem útil na organização de suas preciosas peças!

Você vai precisar de uma caixa de papelão firme, espuma, estilete e cola quente.

Depois, é só seguir os passos na imagem, e você vai ter um estojo bem bacana para organizar seus anéis.

Corta a espuma do tamanho certinho da caixa, com o estilete, na medida do comprimento, e em tiras regulares, dividindo a largura da caixa em partes iguais.

É nesses cortes que serão colocados os anéis.

Encaixa na base de papelão e, por segurança, fixa a espuma com um pouco de cola quente no fundo da caixa.

Se você tiver muitas peças, ou faz uma caixa grande, ou várias menores, e aproveita e separa as bijuterias por tipo, estilo, uso, enfim, o modo que melhor atender às suas necessidades.

Se a caixa tiver tampa, melhor ainda para guardar nas gavetas!


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Clareando...

Fonte: http://www.balancasbordon.com.br
Como acontece com todo mundo, os 'paninhos' da nossa vida (toalhas, lençóis, panos-de-prato etc.) andavam meio amarelados, bem típico do lava-e-usa de todo dia, em que a gente coloca tudo na máquina, depois no secador e fim, tá lá usando novamente.

Mas as roupas vão mostrando sinais desse uso todo. Vão amarelando, "encardindo" mesmo e, de repente, aquele jogo de lençóis de algodão lindo e branquinho, já não está mais tão branquinho assim...

As toalhas, do mesmo modo, por mais que você tenha cuidados, com uso dos produtos de pré-lavagens, vão ganhando manchas e os panos de prato, idem, vão amarelando com o uso. Cloro, alvejantes, sabão, amaciantes e mesmo o suor... tudo isso vai impregnando os tecidos e chega uma hora que, ou você joga tudo fora, e compra novos, ou tem que agir.

Como dindim não anda nascendo no quintal, melhor que jogar fora, é cuidar!

O que fazer?

Ontem comprei um balde de alumínio bem grande (20l) e, antes de dormir, coloquei no fogão com água, bicarbonato de sódio e vinagre. Quando ferveu, coloquei dentro a roupa amarelada (fronhas, principalmente), mergulhando bem, com a ajuda de uma colher de pau bem grande, de cabo longo.

Apaguei o fogo e deixei lá até hoje, depois do almoço, quando enxaguei tudo e coloquei na máquina para lavar com sabão de coco em pó, no ciclo completo. Pendurei na corda bem esticadinho e, no fim da tarde já estava tudo seco e, olha, lindinho de branquinho!

Amanhã eu passo tudo e, pronto, mais uma temporada de usos se inicia!

E o balde? Vai acomodar latinhas de cerveja no próximo churrasco! :-D

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Culinária cardio friendly: Organização do tempo & alimentação


O que me motiva a escrever, hoje, é, exatamente, a experiência do dia: equacionar os compromissos com uma alimentação bacana. Como digo sempre, cada postagem da "Culinária cardio friendly" não tem nenhuma ideia de ser "modelo", só reflete minhas escolhas alimentares que sejam "amigas do coração".

Em 2012 tive um infarto e, desde então, algumas mudanças ocorreram na minha alimentação. Necessárias, sim, mas sempre buscando manter o prazer de comer, coisa que, para mim, é essencial!

O dia de hoje foi intenso! Sim, comecinho de ano, férias, e já 'no pique'? Mas é que, justamente porque estou de férias no trabalho, que aproveito o tempo 'livre' para resolver pendências particulares e domésticas! Sim, sim... Bem na linha 'descansar carregando pedras', que diziam nossas avós... :-D

Manhã e parte da tarde passei no Poupa Tempo, resolvendo probleminhas de documentação do carro: licenciamento, IPVA, DPVAT etc., e, de tarde, eu dei uma 'geral' nos "cama-mesa-e-banho" daqui de casa.

O trabalho foi grande e, embora valha a pena, e me deixe bem feliz o resultado, o jantar ficou 'comprometido', porque eu já estava bem cansada no fim do dia. Mas cansaço não pode ser desculpa para comer 'porcarias', né? E assim, saiu um macarrãozinho supimpa, com atum, brócolis e cenouras.

Usei uma lata de atum em água, e um pacote de vegetais congelados. Fervi uma panela grande de água e pouco sal e, antes de cozinhar a massa, coloquei os vegetais para descongelar. Escorri os vegetais e, na mesma água, cozinhei a massa (OBS: massa fica soltinha quando é cozida em muita água!). Enquanto a massa cozinhava, numa outra panela, cloquei meia xícara de azeite, o atum, uma colher de sopa de alho tostado e os vegetais descongelados. No fogo baixinho, o azeite esquentou e envolveu tudo e, assim que a massa ficou 'al dente', escorri e misturei tudo. Por cima, pimenta do reino preta, moída na hora, e queijo ralado.

Olha que lindo que ficou!
By Ju Sampaio - 2017
Lindo, gostoso, leve e saudável! ;-)


OBS: Minhas comidas são cardio friendly, procurando reduzir gorduras animais e sódio. Esse não é um blog de culinária nem de nutrição e, assim, nem sempre haverá receitas, só o modo como fiz. Não me preocupa EM NADA o número de calorias. Se você não consegue olhar para uma imagem de comida sem pensar em calorias, procure ajuda de um psicólogo com urgência! :-D

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

♫♩♫♭♪♯♬♮ Hoje é o dia dos Santos REIS! ♪♩♪♯♫♩♫♭

Então... é hoje mesmo, 6 de janeiro, dia de Santos Reis!
"[...] segundo a tradição cristã, seria aquele em que Jesus Cristo recém-nascido recebera a visita de "alguns magos do oriente" (Mateus 2:1) que, segundo o hagiológio, foram três Reis Magos, e que ocorrera no dia 6 de janeiro. A noite do dia 5 de janeiro e madrugada do dia 6 é conhecida como "Noite de Reis". (Wikipedia)" 


Aproveite a tradição e prepare ai um belo Bolo de Reis... :-D